Como salvar o mundo?

15 novembro, 2015
Eu não sei nem para onde olhar. O coração aperta, o olho se enche de lágrimas, a boca seca e tenta encontrar palavras para resumir o que o coração está sentindo. Que parte da vida eu perdi? Quando foi que ser uma pessoa empática e torcer pelo bem se tornou uma coisa obsoleta? As pessoas que batem no peito e pregam que é "cada um por si, e Deus por todos" que me desculpem, mas eu não aceito isso. Não consigo ver inocentes morrerem, outros inocentes mais sendo condenados por erros de poucos, ver a ganância pelo poder e dinheiro endurecer e enlouquecer as pessoas. 

Créditos: Foundry


Vivemos em uma sociedade hoje em que as pessoas brigam para decidir qual desgraça deveria receber mais atenção. Oi? Desde quando existe uma tabela, um índice que mostre qual dor é maior e quando as pessoas sofrem mais do que as outras? Onde um precisa de ajuda,  todos deveriam se prontificar a ajudar.

E então você me pergunta: Como salvar o mundo? Sendo você o portador da bondade, da compaixão e do amor. Se você não pode ajudar naquele momento, repasse para a maior parte de pessoas que você conhece, porque provavelmente alguém ali poderá. Se você não tem nada de positivo para falar, não fale. Se você não concorda com o que é dito, não se manifeste se sua intenção for atirar pedras para todos os lados. Não espalhe mais ódio nesse mundo tão devastado. Não deixe que cenas de horror sejam cada vez mais corriqueiras. Não julgue a pessoa pelo meio que ela convive. Nem pela crença, sexo, religião, idealismo. Não faça uma massa pagar pelos erros de poucos. Não generalize. Estenda a sua mão, abra seu coração.

E não vamos restringir essas atitudes apenas quando o mundo todo se depara com algo horroroso. Nessas horas devemos sim nos unir, mas não podemos esquecer que todos os dias, milhares de pessoas sofrem, muitas das vezes dos mesmos males, mas sofrem escondidas. E é desses pequenos fatos, que outros bem maiores se desencadeiam.

Salvemos o mundo com ações concretas, com a esperança e a força do bem agindo e acabando com tudo aquilo que destroi nosso mundo. Hoje, mais do que nunca, eu preciso acreditar no bem. Porque o mal, como está, não me deixará dormir em paz. 



12 comentários:

Comente pelo Facebook

  1. Que texto lindo. Apertou meu coração ler e constatar que a verdade é que as pessoas mais espalham ódio mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar de tanto ódio, meu coração prefere continuar acreditando que o bem anda por aí <3

      Excluir
  2. Você e eu na mesma sintonia ! Adorei, adorei que a gente escreveu sobre o mesmo tema porque o mundo precisa de mais amor, eu adorei seu texto <3 Você como sempre arrasando e escrevendo no momento certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu AMEI o seu também, espalhar amor é tudo o que o mundo precisa <3

      Excluir
  3. Eu amei teu texto principalmente por lembrar que não é só em momentos ruins, e sim sempre que devemos ter que se importar com os demais,..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! As pessoas se comovem sempre em tragédias e isso é bom pra perceber a empatia que ainda existe no ser humano, mas não podemos esquecer daqueles que sofrem todos os dias

      Excluir
  4. Li com o coração apertadinho :(

    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu coração se aperta todos os dias com tanta coisa ruim no mundo :/

      Excluir
  5. "Desde quando existe uma tabela, um índice que mostre qual dor é maior e quando as pessoas sofrem mais do que as outras?" Teu texto ficou incrível, mas eu li, assim como a menina de cima, com o coração na mão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas decidiram brigar por "qual tragédia é pior". Porque não se juntar para fazer o bem? :/

      Excluir
  6. Que texto maravilhoso <3 você escreveu tudo que tava engasgado na minha garganta! Parabéns viu?
    beijos da Thamy
    www.blogdathamy.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabou que ele foi tudo o que estava engasgada na minha também ahhaah <3

      Excluir