Jogos de Tabueleiro que Você Precisa Conhecer

26 novembro, 2015
Olá galerinha, como vocês estão? O post de hoje é sobre um tema que vejo pouco por aí, o que é uma pena, já que muuuuita gente adora! Aposto que você já jogou pelo menos uma vez Banco Imobiliário ou Jogo da Vida. Mas existem muitos mais por aí que são muito legais também! Meus amigos e eu estamos sempre jogando e descobrindo novos, e hoje trouxe pra vocês nossos 3 últimos achadinhos:

Quartz



O jogo Quartz tem uma temática bem simples: Você é um minerador e, durante 5 dias na mina (ou seja, 5 rodadas) precisa minerar e recolher pedras preciosas. Cada uma possui um valor de venda diferente. Menos a de cor verde clara, que é instável e ao juntar duas delas, acaba explodindo o carrinho e perdendo o dia. 


A qualquer momento, em sua vez de jogada, você pode sair da mina e vender seus tesouros. Ganha quem acumular mais dinheiro. Maaaaaaaas, como nada é tão fácil na vida, você ainda ganha algumas cartas para poder te ajudar, mas principalmente, para ~sacanear~ os amigos e explodir azinimigas. O que torna mais divertido!


Eu sou ryyyyyyca!



Puerto Rico



Nesse jogo, você é um morador de Puerto Rico (ah, vá!), mas durante o período colonial. A cada rodada, você tem direito a escolher uma função: Prefeito, Capitão, Comerciante, Colono, Produtor, entre outros. Cada um possui uma função diferente e impacta em todos os jogadores. 


Você produz, ganha trabalhadores, vende e recebe por isso (e com isso, constrói edifícios para ajudar no jogo) e ao embarcar suas produções, recebe os pontos de vitória, que é o que estipula o vencedor. É um jogo de estratégia, onde ganha mesmo quem tiver a melhor. 


War Zoo



Esse eu não cheguei a jogar, e é um card game, mas achei a temática tão diferente que precisei compartilhar! Inspirado no livro "A Revolução dos Bichos", Suínos e Ornitorrincos batalham pelo poder. Durante várias batalhas, os competidores vão duelando (com personagens divertidíssimos, inclusive) e ao final de todas, vence aquele que se saiu melhor na maior parte delas. 

O legal, é que também tem uma versão mais "fácil", própria pra jogar com a criançada. Então, dá pra reunir todo mundo e fazer a alegria da galera naquele domingão.

E então, curtiram? Quais são seus jogos preferidos? Conta pra mim nos comentários! 

Acordes da Alma

22 novembro, 2015
Foto do show lindo de ontem, no Cine Joia <3

Aquela emoção tomando conta do seu corpo. Quando o primeiro acorde toca, você quer se libertar. Soltar as angústias, as preocupações, as dores da vida e apenas cantar. Quando sua música preferida começa, um êxtase toma conta de você, e você só consegue sorrir. 

Música faz bem para alma. Música é remédio. É terapia.

Sou realmente movida por ela e para ela. Que consegue contar minhas histórias sem me conhecer. Que consegue chorar minhas dores e comemorar minhas vitórias. Que acompanha minha vida toda. Em cada fase, uma nova canção. Uma nova chance de colocar em melodia, tudo aquilo que sinto dentro de mim. Minha paixão é com as palavras, mas os acordes me acompanharão sempre de forma paralela, vindo de outros, dos dons daqueles agraciados em poder sempre repassar sensações. 

A todos esses: Meu mais sincero muito obrigada! Aos artistas que acompanho de longe, e os que acompanho de perto também, obrigada pela inspiração, não só nos escritos, mas principalmente na vida. Existe uma infinidade de frases vindas de canções que formaram quem eu sou hoje. 

Música é combustível. Música é interação. Música é troca. Troca de experiências, sons, energias, vibe. Experimente ir ao show de alguém que goste muito. E cante, dance, se solte sem vergonha ou medo de quem está ao redor. Só quem já provou dessa sensação, consegue entender o quão libertador é.

E quanto a você? Qual música move seu mundo?


5 Dicas para Desenvolver sua Criatividade

19 novembro, 2015

A cabeçona aqui postou o vídeo no YouTube e esqueceu de compartilhar no blog, maaaas, antes tarde do que nunca e estamos aqui para isso mesmo, né?

Muitas pessoas acabam me perguntando de onde tiro minha inspiração para escrever os posts, e mesmo para criar pautas para o blog. Pensando nisso, criei um vídeo com 5 dicas super práticas e que podem ser aplicadas facilmente no dia-a-dia para que vocês desenvolvam sua criatividade. Bora conferir? 



Curtiram? Já aplicam algumas dessas dicas e recomendam? Aliás, quais são os seus segredos para desenvolver a criatividade? Vou adorar conhecer novos! E ah: não esqueça de se inscrever no canal pra ficar por dentro de todas as novidades:




Como salvar o mundo?

15 novembro, 2015
Eu não sei nem para onde olhar. O coração aperta, o olho se enche de lágrimas, a boca seca e tenta encontrar palavras para resumir o que o coração está sentindo. Que parte da vida eu perdi? Quando foi que ser uma pessoa empática e torcer pelo bem se tornou uma coisa obsoleta? As pessoas que batem no peito e pregam que é "cada um por si, e Deus por todos" que me desculpem, mas eu não aceito isso. Não consigo ver inocentes morrerem, outros inocentes mais sendo condenados por erros de poucos, ver a ganância pelo poder e dinheiro endurecer e enlouquecer as pessoas. 

Créditos: Foundry


Vivemos em uma sociedade hoje em que as pessoas brigam para decidir qual desgraça deveria receber mais atenção. Oi? Desde quando existe uma tabela, um índice que mostre qual dor é maior e quando as pessoas sofrem mais do que as outras? Onde um precisa de ajuda,  todos deveriam se prontificar a ajudar.

E então você me pergunta: Como salvar o mundo? Sendo você o portador da bondade, da compaixão e do amor. Se você não pode ajudar naquele momento, repasse para a maior parte de pessoas que você conhece, porque provavelmente alguém ali poderá. Se você não tem nada de positivo para falar, não fale. Se você não concorda com o que é dito, não se manifeste se sua intenção for atirar pedras para todos os lados. Não espalhe mais ódio nesse mundo tão devastado. Não deixe que cenas de horror sejam cada vez mais corriqueiras. Não julgue a pessoa pelo meio que ela convive. Nem pela crença, sexo, religião, idealismo. Não faça uma massa pagar pelos erros de poucos. Não generalize. Estenda a sua mão, abra seu coração.

E não vamos restringir essas atitudes apenas quando o mundo todo se depara com algo horroroso. Nessas horas devemos sim nos unir, mas não podemos esquecer que todos os dias, milhares de pessoas sofrem, muitas das vezes dos mesmos males, mas sofrem escondidas. E é desses pequenos fatos, que outros bem maiores se desencadeiam.

Salvemos o mundo com ações concretas, com a esperança e a força do bem agindo e acabando com tudo aquilo que destroi nosso mundo. Hoje, mais do que nunca, eu preciso acreditar no bem. Porque o mal, como está, não me deixará dormir em paz. 



Mochila nas Costas, Pé na Estrada: Lugares para Acampar

11 novembro, 2015
Nada melhor e mais renovador do que passar alguns dias acampando. Para os amantes de uma vida ao ar livre, junto à natureza, o camping é o momento de escapar do stress e da correria do dia a dia das grandes cidades. Revigorante e essencial para o descanso físico e mental, acampar é uma maneira de ficar junto à família e amigos no sossego do mato, despertando com canto de pássaros diversos e adormecendo ao som de grilos sob um céu estrelado.

Acampar envolve diversas atividades: caminhar, buscar lenha, montar o acampamento, explorar a região. Além de ser uma maneira especial e econômica de viajar e aproveitar para conhecer novos lugares e pessoas, também proporciona sensação de relaxamento e leveza, além de unir todos para se desligarem do mundo, tornando a viagem uma experiência única, enriquecedora e inesquecível. Mas para que cada momento junto ao verde seja proveitoso e único, é importante planejar previamente a respeito dos itens indispensáveis no camping. Na hora de fugir da rotina, faça uma pequena lista sobre tudo o que você precisa levar para correr tudo bem na sua viagem. É muito importante para não esquecer nada. 

E se você não sabe ou não conhece lugares para onde ir, confere as dicas aí abaixo:

Serra da Canastra 



A Serra da Canastra fica localizada no estado de Minas e abrange seis cidades. São mais de 200 mil hectares repletos de natureza, cachoeiras e trilhas. Hoje é bastante focada no Ecoturismo, então conta com diversas opções, como rafting, rapel e tirolesa. No Parque Nacional da Canastra está localizada a nscente do Rio São Francisco. Para acampar, as opções ficam nas cidades de São Roque de Minas e Vargem Bonita.

Bombinhas



Outra boa opção é a cidade de Bombinhas. Localizada em Santa Catarina, a 70 km de Florianópolis. Além da opção de Camping, ela é considerada a capital do mergulho ecológico. Se sua vontade sempre foi mergulhar, esse é o lugar perfeito para você. A água transparente a as milhares de espécies marinhas reservam a você uma experiência inesquecível. Uma cidade pacata, com poucos habitantes (cerca de 17 mil), mas com diversas opções para os amantes do esportes da natureza. Além das belíssimas praias, a região também possui dunas, e é cercada pela Mata Atlântica.

São Thomé das Letras 



Localizada no topo de uma montanha da Serra da Mantiqueira, esse é um destino muito procurado para quem quer acampar. A cidade é repleta de cachoeiras, trilhas e grutas. O artesanato também é muito forte no local, e você com certeza vai querer voltar repleto de lembrancinhas da cidade (e da viagem). Além de tudo isso, você ainda pode aproveitar o caminho e desbravar a Estrada Real, que é a maior rota turística do país. Ela possui esse nome porque era o principal trajeto de ouro durante o século 17. Ela corta diversas cidades históricas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Se além de camping, você quiser se aventurar em um pequeno mochilão, é uma ótima pedida.

Maracajaú 



Essa vila de pescadores situada no Rio Grande do Norte é mais uma ótima opção para quem gosta de mergulhos. Seu mar é repleto de corais e em suas águas cristalinas habitam centenas de espécies de peixes, deixando um visual todo colorido. Esse ambiente torna o local apropriado para a prática do mergulho. A cidade é bem pequena, de gente receptiva e toda a movimentação vem dos turistas que querem conhecer toda a praia e o mar calmo do lugar.


Depois de escolhido seu destino, é hora de preparar tudo. É muito importante a escolha de uma mochila resistente e de alta qualidade. Item indispensável para quem vai acampar, é na mochila que você vai armazenar e transportar objetos, alimento, água e tudo o que você precisa em termos de segurança. A loja virtual Nerea oferece o que há de melhor em utensílios voltados para camping. No site, você encontra as melhores marcas de mochilas para acampar, perfeitas para caminhadas e para transladar a bagagem.

Aventura, tranquilidade, ar fresco e muito verde: o camping é o local perfeito para você desfrutar de bons momentos, especialmente quando você viaja preparado para que nada falte na sua barraca.



Outro Ponto

08 novembro, 2015
Créditos: JohnerCross

Ela estava tranquila. Apesar do ônibus estar lotado, como todos os dias, ela lia concentrada o seu livro. A trama, estava em seu ápice, naquela hora em que o mocinho descobre o vilão e esse está pronto para matá-lo. Não pode esconder o suspiro de espanto que saiu da sua boca, chamando a atenção de meia dúzia de pessoas ali. Mas não ficou envergonhada. Na verdade, nem percebeu. Estava absorvida na história daquelas páginas e o mundo exterior só voltaria a ser real na hora de descer. Foi então que o motorista brecou fortemente fazendo-a acordar do transe. Entre uma dúzia de xingamentos de passageiros, ela se deu conta de que podia ler mais um capítulo até chegar ao seu destino. 

Mas, ao olhar para janela, algo chamou sua atenção. Lá estava ele. Alto, moreno, com seus fones de ouvido e o celular em mãos. Largou o livro no colo e começou a encará-lo. Seu olhar dizia "Ei, me olha, eu tô aqui!", mas ele nada. "Ei, será que não poderíamos tomar um café qualquer dia desses? Poderia te indicar esse livro, ele é fantástico, sabia?". E ele nada. As pessoas lotavam ainda mais aquele ônibus, entrando e se arrumando e ela ali, de olhar fixo. Resolveu dar de ombros e voltou a sua atenção para o livro. Sem antes imaginar mais uma dúzia de situações legais que poderia viver com ele. O ônibus ameaçou partir e ela levantou o olhar mais uma vez. Apenas para perceber que ele estava concentrado mesmo em seu celular. "Então tá. Até outro ponto, quem sabe". E o ônibus partiu.

Ele estava atrasado. Suas mãos e pernas se mexiam freneticamente e seu olhar se voltava toda vez para o fim do horizonte, torcendo para que seu ônibus enfim aparecesse. Mas parece que o universo gosta de brincar. Quanto mais rápido você quer chegar em algum lugar, mais ele irá conspirar para você não conseguir. E o que ele iria conseguir naquele dia, era uma boa bronca do seu chefe. Respirou fundo e prometeu não se estressar mais. Ao invés de olhar o relógio pela vigésima vez, abriu o player e colocou sua playlist preferida. Sacou os fones do bolso e relaxou. Pra que se desesperar? Uma hora ou outra, sua condução apareceria. Vagava pelas músicas para passar o tempo quando observou os passageiros de um ônibus que acabara de encostar no ponto. Uma, dentre os tantos chamou sua atenção. 

Com seus longos cabelos negros e seu óculos de grau azul, estava concentrada em algum livro. Parecia estar gostando bastante. Tentou ver a capa, mas não conseguiu. "Ei, que livro é esse? Estou precisando começar um novo". Iniciou um diálogo na sua mente, mas a menina parecia em outra dimensão. Nesse momento, ele nem lembrava do horário mais. Abaixou a cabeça para trocar de faixa no celular. Passou alguns minutos escolhendo a próxima. Quando levantou novamente, podia jurar que ela estava olhando para ele, mas tinha acabado de desviar o olhar. "Essa música aqui é muito boa, já ouviu?". Mas ela nada. Ainda a encarou por mais instantes, na esperança de que ela o olhasse de novo. E ela nada. Nessa hora o ônibus ameaçou partir e ele então voltou a atenção para o celular, sem antes pensar "Então tá. Até outro ponto, quem sabe". E o ônibus partiu.

Felicidade é Aceitação #SomosTodosBGS

06 novembro, 2015


O vídeo de hoje é uma blogagem coletiva do grupo BGS (Blogueiras, Gurus e Seguidores) do Facebook. Algumas integrantes se reuniram e decidiram abordar um tema novo toda semana, seja por vídeo ou post. E para o primeiro, todas decidiram que deveria ser respondida a seguinte pergunta: "O que é felicidade?". O link do projeto você encontra aqui.

Pensando nisso, decidi fazer esse vídeo pra vocês.



Você é realmente feliz quando se aceita. Pare de se cobrar tanto. Pare de se julgar tanto. Todos os dias você tem a chance de fazer algo bom e diferente, ou fazer mais do mesmo. Qual será sua decisão? Você é feliz quando se aceita como é. Quando aceita seus problemas.

Felicidade é algo muito abstrato e difícil de resumir. Todo e qualquer sentimento pode ser interpretado de milhares maneiras. E descrito por tantas mais. O que te fez sorrir hoje? O que te faria sorrir hoje?

Ela pode vir nas pequenas coisas.  E não vamos confundir com comodismo aqui. Você aceita que eles existem, e graças a isso se esforça pra que eles não existam mais. Você aceita o que a vida dá e aproveita o melhor dela. Sabe aquela velha história de usar seus limões para fazer uma limonada? É exatamente isso. E todos nós sabemos que não é uma tarefa fácil.

Nós desaprendemos a esperar. Temos tudo na mão. Temos uma infimidade de opções, modos e meios. E somos tentados a optar sempre pelo o que é mais rápido e mais cômodo. Mas e quando precisamos de algo e não conseguimos, ou não conseguimos do jeito que queremos? Ficamos chateados. Ficamos tristes. Perdemos a felicidade natural de viver.  E o resultado disso são pessoas cada vez mais ansiosas e depressivas. 

Então se eu pudesse dar um conselho, um "mapa para o pote de ouro da felicidade", seria esse: Aprenda a esperar, e aceite o que a vida te dá. Você pode tirar proveito até das coisas ruins, se começar a enxergá-las de outra forma.

Guia de Impulsionamento de Posts no Facebook

03 novembro, 2015

O Facebook diminuiu seu alcance orgânico drasticamente, fazendo com que muitas pessoas optassem pelo impulsionamento de publicações, os populares "posts patrocinados/pagos". Dessa forma, a rede social mostra seu post para um grupo de pessoas - que é determinado por você - e você paga centavos por cada interação. 

Eu já uso essa ferramenta há algum tempo em meus posts e gosto do resultado. No meu caso, particularmente, a interação é focada na fanpage, ou seja, gera poucas views para o site. Até porque impulsiono apenas postagens, e não o link do blog. Isso varia muito para cada público e nicho. Então a melhor forma de saber se vai realmente ser rentável para você é testando. O valor para investir é baixo, bem acessível.

Como vi muitas pessoas com dúvidas nos grupos que participo, decidi fazer um pequeno guia com o todos os passos que você precisa fazer para conseguir impulsionar. 


O primeiro passo é escolher a publicação que será impulsionada. Na parte inferior, existe um botão azul escrito "Impulsionar publicação". Clique nele para abrir a aba específica com os dados. Para promover a sua página, use o botão "Promover Página", e para promover diretamente o seu blog/site, clique em "Promover site". Todas as opções tem o mesmo procedimento. 


A primeira informação a ser preenchida é qual público alvo você quer atingir. Você pode escolher pessoas que já curtem a sua página, seus amigos, ou pessoas que você quer alcançar e ainda não conseguiu. Nesse terceiro caso, é necessário criar um público específico para a qual o Facebook irá mostrar o post. Tente não ser muito abrangente nessa hora. Defina idade, sexo, localização e interesses. Essa parte é muito importante. Quanto mais específico você for, mais chances de alcançar um público que realmente se interesse pelo seu conteúdo e procure mais.

Para criar um público é só clicar em "Criar novo público" e colocar as informações. O mais legal é que, caso você precise usar o mesmo público em outro impulsionamento, ele fica salvo. Se precisar alterar alguma informação nele, é só clicar em "Editar público" após selecionar o conjunto que quer modificar. 


Ainda na mesma aba, você irá determinar qual o valor a ser investido. O orçamento mínimo permitido pelo Facebook é de R$1,00 por dia. Ou seja, se você pretende impulsionar durante 3 dias, o orçamento mínimo é de R$3,00. Valores inferiores não são aceitados. 

Abaixo do valor está a estimativa de quantas pessoas serão alcançadas. Esse número está diretamente ligado a quantia investida e a quantidade de dias. E é claro, um número aproximado. É bom lembrar que o Facebook não cobra pela visualização, e sim pela interação. E essa é a parte mais complicada. 

Vamos a um exemplo: Se você investiu R$3,00 divididos em 3 dias. 10 pessoas apenas visualizaram. Isso não afetará o seu orçamento disponível para o dia, que é de R$1,00. Se 2 clicarem ou curtirem, aí sim, o valor será abatido. Caso você alcance o valor máximo do dia, o anúncio fica em stand-by e volta a circular no dia seguinte, já com o orçamento do segundo dia. Complicado, né? Mas a prática é mais fácil que a teoria.


Tá ok Daiany, mas como faz para pagar? Quando você clica para adicionar uma nova forma de pagamento (e confirma sua senha), abrem-se as opções. Antigamente, só se podia pagar com cartão internacional, porque os pagamentos eram centrados no escritório Irlandês do Facebook. Agora, os pagamentos ficam dentro do país, facilitando a vida de quem quer investir no impulsionamento. Ele aceita cartões Visa e Mastercard, PayPal e Cupom de Anúncios do Facebook. Após confirmar, os dados também ficam salvos e você apenas confirma nas próximas vezes.


A aba de resultados é bem intuitiva. Mostra o número de pessoas que foram alcançadas, as ações (envolvimentos) feitas em seu post com o orçamento gasto. Ainda dá ver um relatório por pessoas e países. 

Se você gostou e achou útil esse mega tutorial, divulgue prozamigos! Se ficou alguma dúvida ainda, deixe nos comentários que eu esclarecerei com muito prazer!

Porque gostamos tanto da dor?

01 novembro, 2015


Dia desses estava conversando com um amigo sobre tudo e sobre nada quando ele me questionou:

- Porque quando estamos na fossa, buscamos alimentá-la pra ver se nos afogamos?

Isso me fez refletir. Porque o ser humano tem essa tendência de procurar o que lhe faz mal? A resposta que encontrei é simples: Porque precisamos sentir a dor. Preferimos apertá-la até nos sentirmos sufocados que simplesmente ignorá-la até passar. Somos meio masoquistas. E também não acreditamos se não sentimos. A ferida pode estar ali, mas não é real se não apertarmos até sangrar.

Se a música que te faz lembrar aparece no aleatório, além de ouvi-la e puxar todas as lembranças do fundo do baú, é bem capaz de você procurar todas as outras e abrir o álbum de fotos para se martirizar. Enquanto você sofre pelo o que já passou, a vida observa calada (e decepcionada) você ignorando os sinais de que precisa continuar. Se prender ao passado é pular o presente e desperdiçar o futuro.

Então chegamos a conclusão de que, no fim das contas, esse passado acaba nem sendo o que realmente foi. Vira uma misto de ficção e realidade que sua mente recria para viver. As coisas que foram ruins são anuladas, e você se prende ao que foi bom (e, em muitas das vezes nem foi tão bom assim) para sofrer mais. E você quer voltar. Desesperadamente voltar para um momento que já acabou.

Não existe fórmula pronta para fugir disso. Inclusive, creio que não existe escapatória. Pelo lado positivo, daí que saem tantas canções, obras de arte e textos como esse que você está lendo agora. Dor é combustível, mas se não for dosado, acaba virando combustão.

Então relembre do que realmente importa, do que você se permitiu viver. Mas faça isso nos momentos certos, e sem sofrer pelo o que aconteceu ou deixou de acontecer. Assim, da próxima vez que aquela música aparecer no aleatório do seu player, não se entupa de sorvete e chore as mágoas. Levante da cadeira e saia dançando, cantando e deixe a vida orgulhosa de você, enquanto você mostra para ela o que é felicidade de verdade.

*Texto colaborativo com Anderson Pires.