Volta (?)

16 julho, 2015
Créditos: Foundry
Talvez seja loucura da minha parte, mas cada vez que eu a vejo ir, uma parte de mim acaba a acompanhando. Vejo seus outros amores, suas noites solitárias nas festas, os drinks que ela toma enquanto caça sua próxima vítima. Tudo isso passa como um slide em minha mente no silêncio do quarto. E sei que é apenas fachada para esconder a dor do amor que ela sente. Amor que não sou eu. 

E mesmo não sendo, ela insiste em me procurar. Repousar teu rosto em meu peito e desfrutar de uma noite mágica. Noite, essa, que se multiplica em muitas mais. Não é segredo o quanto eu a quero e não sei se ela se aproveita disso para sanar sua dor. O fato que ela sempre volta. E na manhã seguinte se vai sem a menor cerimônia. 

Nessa hora, sinto vontade de pegar em seu braço e sussurrar em seu ouvido "fica". Dizer que ter só pela metade é não ter nada. Mas então lembro do discurso libertário que eu já escutei até decorar e finjo que nem vejo que já é hora dela levantar. 

Discurso chato esse, viu? De quem quer gritar aos quatro ventos que tá bem e tá feliz pra ninguém mais perguntar do real motivo da sua tristeza. Ah, moça. Se quer viver compartilhando dores e amores por aí sem nem ver o que eles podem te acrescentar, tudo bem. Mas faça isso com quem não espera por seu beijo e pelo dia em que você permaneça na minha cama e na minha vida. Não esmague os sentimentos de quem só quer reviver os seus que andam adormecidos. 

Então decida-se: Ou fica de uma vez ou nem precisa aparecer na próxima noite.

17 comentários:

Comente pelo Facebook

  1. Que leitura mais perfeita, viajei lendo este texto.
    Mudei um pouco meu local enquanto lia! haha
    Beijão
    Jardim de primavera

    ResponderExcluir
  2. Day escrevendo tão bem quanto sempre ♥ Na maioria das vezes me identifico com seus textos, isso não é novidade, mas dessa vez você fez questão de me descrever em corpos trocados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own, a gente sempre se identifica nos textos uma da outra! Será que temos um tipo de conexão especial? HAHAHAH ♥

      Excluir
  3. Triste é quando o outro não sabe se vai o se fica, mas quem não escolhe deixa outro livre para decidir.
    Texto lindo.
    Beijos
    http://tecontopoesia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, sempre tem os dois lados da história, e geralmente são sempre dolorosos :(

      Excluir
  4. Muito bonito.
    Você realmente escreve com muito sentimento.
    Parabéns!!!

    Beijos,
    Andréia
    petitandy.com

    ResponderExcluir
  5. fiquei boba de ver se escreve muito bem a da pra sentir seu sentimento em cada palavra :)
    beijos

    http://loucaapaixonada22.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own, muito obrigada mesmo Tainara! Volte sempre, tá? ♥

      Excluir
  6. Oi estava vendo seu blog e amei os seu textos, eu também escrevo mas não compartilho no meu porque o meu tema/assuntos são outros, mas gostaria de saber se você tem interesse em publica-los.
    Qualquer coisa me manda um email bfdias56@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Barbara, já entrei em contato contigo por email *o*

      Excluir
  7. Adorei Day, vc escreve muito bem <3

    ResponderExcluir
  8. É duro quando queremos que a pessoa permaneça, mas ela não quer o mesmo...

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir