Saudade e o amor livre

11 março, 2015
Créditos: Reprodução


Hoje acordei me sentindo diferente. Logo percebi que era saudade e claro que era da sua ausência na minha vida. Daquele lugar vago na minha cama que tantas vezes foi mal preenchido com outras pessoas. Daquele canto vazio no meu guarda-roupa onde ficavam as suas. Saudade de acordar antes de você e correr na padaria pra te fazer um café especial, que renderia muita energia para a nossa química explosiva. Olhei o relógio, não eram nem 7 horas da manhã. Peguei o celular, nenhuma mensagem sua. Não me lembro a última vez que trocamos sms e me pergunto: a quanto tempo não falo contigo?

Digito umas mil frases, apago todas. Disco seu número, desligo antes do primeiro toque sem nem saber se aparecerá nas suas ligações perdidas. Minha cabeça ferve em pensamentos, em lembranças, tanto que sai até fumaça. Meu sinal desejando contato. E me pergunto: por que terminamos?

Os motivos foram tantos e ao mesmo tempo nenhum. Podíamos desejar coisas diferentes da vida, estar fora de sintonia ou simplesmente querer estar sozinhos e se eu disse isso, queria que soubesse que menti. Que hoje enquanto me sento sozinho para tomar um belo gole de café, não queria estar com essa casa vazia, mas sim com ela inundada do seu sorriso e alegria. E me pergunto: por que não retomo contato?

O dia passa e com ele a rotina ocupa meu tempo. Quando finalmente paro para checar minhas ligações no celular, vejo algo inusitado: Você me ligou. Bate a dúvida se retorno ou não. Antes mesmo que eu decidisse meus dedos já apertam o rediscar. De repente tudo muda, aquela saudade dá lugar à alegria.

Percebi que ouvir o som da sua voz acalma todos os meus pensamentos. Todas as mil perguntas que passavam pela minha mente se dissolvem ao ouvir sua risada mais sincera. E é assim, durante uma conversa qualquer, sem nenhuma pretensão que eu te pergunto: Porque é que não estamos juntos? Eu sei que ambos temos as respostas. E que você vai preferir mudar de assunto e falar até sobre o tempo que esfriou do que encarar minha dúvida. Mas todos os contratempos e todas as dificuldades parecem cair por terra quando estamos juntos. Então desligo o telefone com uma mistura de saudade e alegria. De tristeza e vontade. Vontade de te trazer pra perto e não deixar que se afaste nunca mais.

Mas isso não posso fazer, porque o amor é livre e ele quem escolhe todos os dias onde ficará. Mas se mesmo tendo todos os motivos para partir e o mundo inteiro para explorar, você resolver ficar... Se aninhe no meu peito e faça do nosso mundo, o lugar certo para se estar.


14 comentários:

Comente pelo Facebook

  1. Lindo meeeesmo!! Muito gostoso, envolvente... com aquele sentimento de "já presenciei isso em algum lugar!". ♥

    48janeiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto muito dos seus comentários Nathalia, obrigado ^^

      Excluir
  2. Nada contra homem escrever já logo aviso. Acho lindo demais. Um homem saber, entender o mundo das palavras e sentimentos. Amei o texto Anderson <3
    http://www.mundodafani.com/

    ResponderExcluir
  3. Que lindo, e nossa já passei por uma faze assim, e é realmente sufocante.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que todo mundo que ame alguém de verdade passará por isso uma hora ou outra, é uma coisa sufocante sim mas que pode trazer uma evolução no fim desse ciclo ^^

      Excluir
  4. É complicado, passei por algo parecido... Mas acho que essa saudade só acontece quando amamos e nos afastamos, ficamos longe de quem gostamos por força maior!
    Ótimo texto :)

    Beijos, www.cantinhob.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes ficamos distantes por força maior do destino rsrsrs e aquele amor se transforma e quem sabe não vira uma linda amizade?

      Excluir
  5. Que lindo, Anderson
    Já passei por uma situação bem parecida. Até hoje não sei ao certo porque não ficamos juntos, mas hoje sou feliz. Sim. Sou feliz. Gostaria apenas ter tido a chance de sanar essa dúvida, descobrir o motivo de algo tão belo ter acabado...
    Beijinhos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É complicado quando perdemos muito tempo pensando em porque não ficamos com aquela pessoa, no fim das contas a dúvida vai continuar ali e nos resta esquecer e seguir em frente ^^

      Excluir
  6. Já vivenciei uma situação parecida, e acho que muitos motivos levam um relacionamento ao fim, nem sempre está relacionado com erros ou com falta de amor, às vezes, simplesmente não dá certo e o melhor a se fazer é seguir em frente, mesmo que isso machuque e a gente não saiba exatamente o que aconteceu. Lindo texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, términos de relacionamentos são sempre complicados e muitas vezes deixam uma coisa no ar de que poderia ter dado certo se mudássemos alguma coisinha aqui ou ali. Machuca, mas é um "mal" necessário.

      Excluir