Sobre as paixões de passe livre

29 outubro, 2014


Seu coração pode estar livre, sabe? Com aquela sensação de amar somente a si mesmo. Aquela paz que te faz sentir melhor. Pensar em tudo menos em alguém. Não precisar de outra pessoa pra sorrir. Não relacionar canções melosas ou frases de filme da sessão da tarde.  A fase que a maioria das suas amigas jura ser pura fachada, por não acreditarem que esse estado de espírito realmente exista. Você não faz mais dos chocolates seu principal aliado. Talvez até faça nos tempos  de TPM. Mas para por aí.  Você volta a focar nos seus planos, nos projetos abandonados. Pensa naquela viagem que sempre teve vontade, mas que nunca tinha pique suficiente para fazer. E seu principal pensamento é sempre o "Me, myself and I".

Mas sejamos sinceros. Todos temos alguém que nos balance, nem que seja por alguns segundos a cada meses ou anos. E quando essa pessoa volta pra sua vida, entra sem nem bater, é meio difícil simplesmente ignorar. Ainda mais se ela significou algo pra você. Ou significa muito pra você. Não é nada demais, sabe? A vida vai continuar, os caminhos vão seguir por rumos diferentes. Mas faz parte da vida ter esse momento. E ver ele passar como todo o resto passou. E ver ele se repetir algumas vezes mais. 

Você sabe que não vão casar, ter 3 filhos, uma casa de praia e um cachorro como mascote da "família margarina". Vocês nem tem a certeza de que se encontrarão novamente. Mas de vez em quando seus destinos se cruzam com a mesma rapidez com que somem novamente. E é legal. Pra ambas as partes. 



É aquela paixão que tem passe livre na sua vida, e que já deixou de fazer mal há muito tempo. Agora só traz coisas boas . Histórias novas, risadas, uma companhia gostosa e uma química incomparável. E tá tudo bem pra você. Tá tudo bem pra ambos. Porque no fundo vocês são companheiros de aventuras. São conselheiros. São ombro amigo. Parceiros de bebida. Ou o que mais vier. Não importa quanto tempo dure cada vez. E é exatamente isso que garante o passe livre na vida do outro.

E se não der mais? Afinal, tudo o que vai, um dia deixa de voltar.

Ficam as lembranças boas, os carinhos ousados, os sussurros ao pé do ouvido. As histórias para serem contadas na roda de amigos. O mais puro sentimento de nostalgia. Que te faz querer guardar o passe dentro da memória, e no museu de preciosidades dentro do coração.

32 comentários:

Comente pelo Facebook

  1. Bellissimas palavras amei <#
    www.coisasdemeinass.com

    ResponderExcluir
  2. Existem paixões que são apenas paixões e que são maravilhosas justamente por isso, não precisa se tornar uma grande história de amor para marcar nossa vida, basta nos proporcionar bons momentos de alegria e prazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso que quis passar. Tem gente que pode não ser o grande amor da nossa vida, mas que entre as idas e vindas, marcam nossa vida.

      Excluir
  3. Que texto lindo,amei você leva jeito para textos! Amei o seu blog e já estou seguindo,ficaria muito grata se desse uma passadinha no meu tambémMundo da Laís beijoo ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo elogio, Laís!
      Vou aproveitar e conhecer o seu mundo sim.
      Volte sempre.

      Excluir
  4. Ola Dayani, Realmente temos que aprender a viver sem um pouco sozinha tambem, sem contar que o fim de um relacionamento pode nos trazer coisas boas e uma delas e sem duvida um tempo para nos mesmas, ah como e bom nos dedicar um pouco ao que gostamos de fazer e a nos mesmas. Amei seu Blog, tenho um canal no Youtube fique a vontade para conhece-lo https://www.youtube.com/channel/UC39bMbGssQsA7kCb9V1d0XQ/videos , se gostar inscreva-se

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jéssica, obrigada pela sua visita! As pessoas ultimamente engatam um relacionamento após o outro, e esquecem de ter um tempo pra cuidar de si mesma.
      Vou dar uma passadinha no seu canal. Volte sempre!

      Excluir
  5. Adorei o texto, to precisando de uma paixão passe livre hein?
    Terminei meu noivado há 3 meses e ainda não esqueci ele :(
    www.hicultura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Katlyn, imagino como você esteja se sentindo. Mas aproveite esse momento pra cuidar de você mesma e se amar. Quem sabe uma paixão de passe livre acabe aparecendo pra te animar?
      Volte sempre, amo seu blog!

      Excluir
  6. Muito bom o texto, adorei.
    Eu não funcionaria pra ter um "casinho" assim. Eu sou daquelas que não fica com um cara que nunca viu na vida. Não é que eu seja romântica, mas eu não consigo sentir aquela vontade de ficar com um cara que sequer sei o nome, sabe? hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bela, pior que eu te entendo perfeitamente, porque também sou assim HAHAHAHAH minha paixão de passe livre, por exemplo, é alguém que conheço há anos já.
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  7. Que palavras mais motivadoras!! ♥♥
    Mas comigo não da pra ser assim, ficar sem ao menos conhecer OMG!
    Mas sabe que nem sei o que é isso, afinal casada a 7 anos hahaha ♥

    www.babimarchi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Babi,
      Obrigada pela visita! Suas paixões ficaram no passado então, já tem alguém pra caminhar contigo. Isso não tem preço também.
      Beijo!

      Excluir
  8. *-----* que palavras lindas! Escreva mais! Escreva mais que vou voltar pra ler! Beijos!

    bloggeekprincess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Natália,
      Obrigada pelo seu comentário! Já tem texto novo, "Pelo direito de ser diferente".
      Volte sempre, beijos!

      Excluir
  9. Oi Dayane! Gotei muito do seu blog e de suas palavras. Lindo post :)

    Beijão e Sucesso sempre!!!!! ;)

    http://blogmodabelezaecia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gi,
      Muito obrigada pela visita e pelo comentário. Sucesso pra nós!
      Beijos

      Excluir
  10. Lindo texto, sem palavras. Embora eu viva um outro momento agora, já vivi algo parecido. Beijos ♥

    www.patydibona.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty,
      É engraçado como muitas pessoas passam por situações parecidas a essa ao longo da vida.
      Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir
  11. Nossa, Dai!
    Gostei, de verdade.
    Você escreve muito bem! :)
    Se um dia quiser colaborar no Vida Expressa, vai ser muito bem vinda...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clara,
      Muito obrigada pelo elogio e principalmente pelo convite! O Vida Expressa é maravilhoso.
      Beijos

      Excluir
  12. To tipo "In love" com o teu blog ♥
    Amei,amei,amei e amei seus textos♥
    Vocês escreve SUPER bem ♥
    http://codigosdeumagarotaanormal.blogspot.com.br †

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nic,
      Muito obrigada pela visita. Fico muito feliz que tenha gostado. ♥
      Volte sempre!

      Excluir
  13. Nossa, arrasou no texto, palavras sinceras, você escreve muito bem! Parabéns.
    Beijinhos =)
    http://doll-pink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha quase xará hahahahaah
      Muito obrigada pela sua visita, sempre tento passar um pouquinho de mim nos textos mesmo.
      Volte sempre

      Excluir
  14. Parabéns pelo talento da escrita, adorei seu texto. Eu senti as suas palavras entrando no meu coração, arrazou. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ingrid,

      Muito obrigada pela visita e pelo comentário.
      Volte sempre!

      Excluir
  15. show, lindas palavras.
    http://www.sendodiva.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jennyfer,
      Muito obrigada pela visita!
      Volte sempre.

      Excluir
  16. Lindo texto me identifiquei bastante... acho que todas mulheres se identificariam um pouco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lory,

      Acho que todas nós temos um pouco dessa fase, né?
      Volte sempre!

      Excluir