Blogagem coletiva: Especial Dia das crianças!

11 outubro, 2014


O que aprendi assistindo a desenhos e series infantis?

Uma das grandes paixões que tenho hoje (e meu maior vício) é acompanhar seriados. Em média acompanho 20 por vez. Sim, não é nada fácil conciliar trabalho, vida social, estudos e aquele piloto fresquinho que não vejo a hora de conferir. Esse hábito eu carrego desde pequena e vou reservar esse post para falar sobre ele. Como o próprio título já mostrou, faz parte de um projeto de blogagem coletiva, e no final do meu texto, deixarei o link dos outros blogueiros para que possam conferir também.

Como toda boa criança, sempre gostei muito de desenhos. Passava horas em frente a TV assistindo o extinto TV Cruj (Cruj, Cruj, Cruj, tchau!) e os demais programas, principalmente os do SBT e da Cultura. E entre um e outro, surgia na programação programas um pouco diferentes, mas que chamavam a minha atenção. Foi aí meu primeiro contato com o universo seriador. Vou começar citando um que fez parte da infância da maioria entre 20-30 anos e que está sendo relembrado agora graças à exposição que está acontecendo no MIS: Castelo Rá Tim Bum. Adorava todos os personagens, com exceção do Doutor Abobrinha, porque sim, eu tinha medo dele! Aquele medo de levantar e sair correndo da sala quando aparecia. Mas os outros personagens me encantavam. Encanto esse que eu pude reviver esse ano visitando a exposição. 



Além deles havia outros que não perdia um episódio: Mundo da Lua, Três é Demais, Eu, a Patroa e as Crianças, Chaves, Chapolin, Um Maluco no Pedaço, As Visões da Raven, Blossom, Punky, Sabrina... Apesar de não acompanhar fielmente, até porque acompanhar seriados na TV aberta do Brasil é complicado, já que dificilmente eles passam os episódios na ordem certa e às vezes pulam temporadas inteiras! Mesmo assim, me deliciava passando as manhãs e tardes acompanhando todos. Foi aí que descobri minha paixão pela comédia em geral (salvo raras exceções como Lois e Clark, a maioria das séries que via eram comédias)





Alguns anos e muitas maratonas depois, continuo admirando e gostando dessas séries que fizeram parte da minha infância. Posso assistir qualquer episódio de uma delas e pode ter certeza, gargalharei como se fosse a primeira vez. Sem dúvidas, elas fazem parte do que sou hoje. Não definiram apenas meu gosto. Me fizeram torcer por casais (hoje sei que o termo certo é shippar e, cá entre nós, sou ótima nisso), rir, se emocionar, aprender lições de vida importantes como valorizar seus amigos ou sua família, mesmo que ela não seja exatamente como você esperava (ouviu Sr. Kyle?). Talvez muitas pessoas não entendam esse verdadeiro carinho por séries. Mas posso dizer não só minha infância, mas toda minha vida adulta foi repleta de aventuras e amigos que as telinhas me deram. E eu digo a vocês, que isso não tem preço.



Confira outras postagens sobre o assunto:

8 comentários:

Comente pelo Facebook

  1. Adoro muito dos desenhos (series) que você citou, mas Chaves sempre será o melhor de todos, fico gargalhando sozinha até hoje, adoro muitoo!
    beeijomeeu

    Lica do Efeito Agridoce - http://efeitoagridoce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chaves é um clássico! Não consigo entender como tem gente que não gosta UHASUHUH Um dos momentos mais emocionantes da minha vida foi quando fui ao show que o Edgar Vivar (Sr. Barriga) fez no Brasil. Inesquecível!

      Muito obrigada pela sua visita. Volte sempre! ♥

      Excluir
  2. Sempre fui fã esses problemas também!
    Eu era apaixonada pela Maluca do Cruj, lembra?

    Estou doida para ir à SP só para ver essa exposição.

    beijocas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembro, adorava ela também!
      E venha, ela acabou de ser prorrogada até 2015, vale a muito pena visitá-la!

      Obrigada pela visita, volte sempre!

      Excluir
  3. Como você me disse um dia, seriadores = melhores pessoas <3
    Castelo Rá Tim Bum também fez parte da minha infância, como não amar a tia Morgana? (inclusive dei o nome de Morgana à minha gata preta! hahaha). Assistia a todos esses seriados que você mencionou, mas acho que Castelo Rá Tim Bum e Chaves foram os mais especiais e os que eu guardo as melhores lembranças!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha A tia Morgana era demais! É tão bom relembrar nossa infância, né sis?

      Excluir
  4. Amei o texto!!!
    E ainda amo essas séries antiguinhas, Eu, a patroa e as crianças <33
    Melhor fase da vida com certeza.
    Também acompanho séries atuais, mas não tantas. Apenas PLL e Arrow <3

    http://notavelleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo essas antigas também *o* e acompanho muuuuitas novas HAHAHAHAHAHAH

      Excluir