04 outubro, 2013
Ao acordar, abri a janela para olhar o dia que nascia. Havia trabalhado como cachorro no dia interior, e nem um ano de descanso direto conseguiria fazer com que estivesse mais disposto. Tomei meu café, como todos os dias. Adicionei à ele uma colher de motivação, tirada sei lá de onde. Estranho, parece que isso melhorou meu dia e o terminei sorrindo, com a cabeça no travesseiro.

0 comentários:

Comente pelo Facebook

Postar um comentário